quinta-feira, janeiro 26, 2006

TODAS AS GENERALIZAÇÕES SÃO FALSAS...

… incluindo esta última.
No programa de ontem, dia 25, a dado passo, falou-se do estado dos partidos. Disse que eram «fábricas de medíocres» que, por sua vez, eram «catapultados para postos na Administração, nas autarquias locais e nas mais diversas posições de favor» contribuindo, decisivamente, para o mau funcionamento das coisas no país.
Redundantemente entusiasmado, cheguei a afirmar que quando ocasionalmente deparava com alguns «tinha vontade de falar através de gestos» procurando ser mais facilmente entendido.

Acontece que não pretendia generalizar, embora, é certo, não tenha feito o competente aviso.
Há gente boa e competente nos partidos. Que depois alcançam cargos públicos e políticos. Ainda no dia anterior tinha encontrado gente do melhor em Aveiro. Mas esses bons, além de raros, são desvios à regra que procurei realçar. Existem mas são excepção.
Fica aqui a emenda retardada.