segunda-feira, fevereiro 06, 2006

A encenação da rua árabe

Há expressões que caem no goto. A rua árabe é uma delas. Já tivemos a muqata e o rais. Agora andamos na fase dos activistas - o que distingue um activista dum militante? - e da rua árabe.
Quer os activistas quer a rua árabe são apresentados como dotados duma espécie de energia vital que, de quando em quando,se manifesta. Claro que aquilo que despoleta essas manifestações são as perfídias do ocidente. Não deixa contudo de ser assombroso que ninguém se interrogue sobre quem paga aos activistas e sobretudo como se pode manifestar a rua árabe em países onde não existe liberdade de manifestação.